Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

NEFRECTOMIA PARCIAL VIDEOLAPAROSCOPICA PARA TRATAMENTO DE ONCOCITOMA RENAL: RELATO DE TRES CASOS E REVISAO DA LITERATURA.

Introdução, Material, Método, Resultados, Discussão e Conclusões

INTRODUÇÃO: O oncocitoma é um tumor renal raro, responsável por aproximadamente 4,0% de todas as lesões renais sólidas. É formado por oncócitos, células neoplásicas uniformes, arredondadas, exibindo citoplasma eosinofílico granular. Em geral, os oncocitomas apresentam comportamento benigno, com apenas alguns relatos de metástases. Com base em características morfológicas, imunohistoquímicas e patológicas, na maioria das vezes é fácil distinguir o oncocitoma renal de outras neoplasias renais.
OBJETIVOS: Relata três casos de oncocitoma renal que foram tratados com sucesso por videolaparoscopia.
MÉTODOS: Realizada análise dos prontuários dos pacientes e coletados os termos de consentimento livre e esclarecido, além de revisão da literatura.
RESULTADOS (RELATOS DO CASOS): Caso 1. Paciente, 71 anos, feminino, hipertensa. Assintomática. Exame físico sem alterações. Realizou ultrassom de rotina que mostrou lesão sólida medindo 4,0x3,0cm em terço médio do rim direito. Tomografia de abdome confirmou o achado. Realizada nefrectomia parcial videolaparoscopica a direita. Histopatológico da peça mostrou neoplasia oncocítica, com imunoistoquímica positiva para EMA e CK117. Caso 2. Paciente, 70 anos, feminino, diabética. Sem queixas clínicas. Tomografia de abdome mostrou cisto complexo (BOSNIAK IV) em pólo superior do rim direito, medindo 3,5x2,9cm. Realizada nefrectomia parcial videolaparoscópica, sem intercorrências. Anatomopatológico confirmou oncocitoma renal com positividade na imunoistoquimica para CK7 e EMA. Caso 3. Paciente, 72 anos, masculino, hipertenso. Descobriu lesão renal sólida medindo 3,0x2,5cm em pólo inferior do rim esquerdo em exame de tomografia de abdome. Realizada nefrectomia parcial por vídeo. Histopatológico confirmou oncocitoma renal, com positivada para EMA e CK7 em imunoistoquímica.
CONCLUSÕES: O oncocitoma renal geralmente é assintomático e é observado incidentalmente durante exames de rotina para afecções não-urológicas. A relação homem / mulher é de 2/3:1. O oncocitoma, na maioria dos casos, se apresenta como um tumor solitário, medindo em torno de 4-8 cm. Nos casos em questão, os tumores foram flagrados durante exames de rotina. Nenhuma invasão local ou metástase à distância foram observadas nos três pacientes durante três anos de seguimento. Os achados clínicos e laboratoriais geralmente não revelam características específicas, tornando difícil o diagnóstico definitivo pré-operatório.

Palavras Chave

TUMOR RENAL; ONCOCITOMA; NEFRECTOMIA

Área

Câncer de Rim

Instituições

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE FORTALEZA - Ceara - Brasil

Autores

BRUNO ROBERTO SILVA FERREIRA, ANGELO CUNHA FIGUEIREDO FILHO, MARCELLO PITTA SOUZA, GERALDO MUNGUBA MACEDO, VLADMIR PINHEIRO OLIVEIRA, FABIO ROCHA FERNANDES TAVORA, CARLOS KLEBER DINIZ CARNEIRO, ALEXANDRE SABOIA LEITÃO JÚNIOR, FRANCISCO JOSE CABRAL MESQUITA, ROMULO AUGUSTO SILVEIRA