Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

AVALIAÇAO DO NUTRICIONAL DOS PACIENTES COM CANCER DE BEXIGA MUSCULO INVASIVO NA REGIAO DO ABC – PROJETO CABEM, FMABC.

Introdução, Material, Método, Resultados, Discussão e Conclusões

INTRODUÇÃO: O déficit nutricional em pacientes cirúrgicos é fator de risco bem estabelecido para morbi-mortalidade. (MAINOUS). A desnutrição em pacientes portadores de Câncer de Bexiga Músculo Invasivo (MIBC) é fator de risco fortemente relacionado a mortalidade em 90-dias pós Cistectomia Radical (CR) (GREGG)
Este estudo tem como objetivo delinear o perfil nutricional dos pacientes atendidos no programa de centralização e coordenação do cuidado do paciente com MIBC – Projeto Cabem Mais Vidas da Disciplina de Urologia da Faculdade de Medicina do ABC (CABEM).
MÉTODOS: Entre 09/2018-02/2020, foram coletados prospectivamente dados epidemiológicos e de perfil nutricional dos pacientes portadores de MIBC candidatos a CR no CABEM. Foram analisados idade, sexo, ASA, ECOG, Charlson Comorbidity Index (CCI), dosagem sérica de Albumina e perfil nutricional conforme a versão reduzida do Mini Nutritional Assesment-Nestlé® (MNA) além de estadiamento de acordo com o American Joint Committee on Cancer (AJCC) 8ªed.2017.
RESULTADOS: No período estudado, 53 pacientes, com média de idade 67.6 anos, foram encaminhados ao CABEM com diagnóstico de MIBC sendo 53% do sexo masculino. Na admissão ambulatorial, 77% dos pacientes apresentavam ASA ≥ 2; 58.5% apresentavam CCI ≥ 5 e 28.3% ECOG ≥ 2. Em relação ao estadiamento da doença, 77.3% dos pacientes com indicação de RC apresentavam estadio pT1-2, enquanto 22.6% tinham doença ≥T2 N+. 67% dos pacientes ≥T2 N+ eram mulheres.
Em relação ao status nutricional, 14 (26.14%) pacientes apresentavam-se desnutridos (MNA≤7); 17 (32%) sob risco de desnutrição (MNA entre 8 e 11) e 22 pacientes apresentavam-se com estado nutricional normal (MNA≥12). O IMC médio foi 25.15kg/m2 e a Albumina Sérica média 3.95mg/dl. Cerca de 7.54% dos pacientes eram obesos (IMC > 30kg/m2), dentre os quais 25% era desnutrido conforme os critérios do MNA. A tabela 1 resume os dados epidemiológicos e status nutricional dos pacientes.
DISCUSSÃO:
O MIBC, assim como outras malignidades, pode fragilizar o paciente idoso através de declínio funcional e nutricional importante. Dentre nossos pacientes, 58% encontravam-se desnutridos ou sob risco de desnutrição no momento em que foram admitidos no CABEM. Tal característica demanda atenção especial quando da programação terapêutica do paciente portador de MIBC. A neoadjuvância permite uma janela terapêutica para otimizar a nutrição destes pacientes antes do tratamento cirúrgico.

Palavras Chave

Nutrição, Desnutrição, Câncer de Bexiga Músculo Invasivo, Cistectomia Radical

Área

Câncer Bexiga

Instituições

Faculdade de Medicina do ABC - Sao Paulo - Brasil

Autores

Frederico Timóteo, Fernando Korkes, Willy Baccaglini, Matheus Nascimento, Camila Monteiro, Marcel Aranha Silveira, Eduardo Ferreira Pedroso, Sidney Glina