Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

QUALIDADE DE VIDA APOS O TRATAMENTO DE CANCER DE PROSTATA: UMA REVISAO DE LITERATURA

Resumo

Introdução: O câncer de próstata é o tipo de neoplasia mais comum na população masculina brasileira e quando diagnosticado precocemente sua taxa de cura pode chegar em até 95%. Contudo, os tratamentos podem apresentar complicações como: disfunção sexual, incontinência urinária e, eventualmente, alterações na função intestinal e hormonal. A depender da complicação, Dessa forma, tratamentos com menos efeitos adversos são necessários.
Objetivo: Este estudo tem como objetivo investigar, a partir de uma revisão de literatura, quais as atuais propostas na melhoria da qualidade de vida em pacientes após o tratamento de câncer de próstata.
Metodologia: Foi realizada uma revisão de literatura. As referências utilizadas foram consultadas na base de dados PubMed, aplicando-se à pesquisa os descritores: "Prostate", "Disfunction", "Cancer" e “Quality of Life”.
Resultados: Observa-se a necessidade de uma decisão em conjunto entre médico e paciente considerando os riscos das intervenções propostas. Sabemos que as opções de tratamento consistem em radioterapia, quimioterapia, braquiterapia e prostatectomia total, sendo essa considerada padrão-ouro. Notamos que todas as intervenções resultam em consequências para os pacientes, contudo, os estudos analisados nos trazem dados que mostram uma incidência maior de queda na qualidade de vida após a prostatectomia total enquanto os outros tratamentos demonstram consequências mais brandas. A falta de acompanhamento psicológico se faz presente independente do tratamento escolhido.
Conclusão: Em virtude dos dados analisados, planos de cuidado de sobrevivência de médio e longo prazo para homens com câncer de próstata deverão considerar diversos fatores relevantes para a qualidade de vida desses pacientes. Para que haja uma melhoria de conduta, deve-se avaliar as prioridades do paciente e certificar-se de que as consequências sejam entendidas antes de realizar o tratamento. Além disso, deve-se atentar para a necessidade de acompanhamento psicológico e fisioterapia pélvica no período após tratamento. Somado a isso, um contato próximo e atencioso da família e parceira sexual é essencial para que as dificuldades do tratamento do câncer de próstata sejam superadas. Tais condutas trarão um aumento na qualidade de vida do paciente além de avançar em prol da humanização da área médica.

Palavras Chave

Palavras-Chave: Prostate, Disfunction, Cancer e Quality of Life.

Área

Câncer de Próstata Metastático

Instituições

ULBRA - Rio Grande do Sul - Brasil

Autores

CAMILA PATZLAFF, STEPHAN KUNZ, MATHEUS HENRIQUE ROTH, LUCAS GRANVILLE GARCIA MAYER, VINICIUS CATTO VAZ, LUDMILA LIMPIAS TERRAZAS BINKOWSKI, IGOR SALVARO RAUPP, RENE OCHAGAVIA CHAGAS DE OLIVEIRA, MARIANA PELLEGRIN CIPPOLAT, TIAGO PACZKO BOZKO CECCHINI