Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

A INFLUENCIA DOS FATORES PSICOLOGICOS EM PACIENTES COM CANCER DE PROSTATA

Resumo

INTRODUÇÃO: Sabe-se que o teste do antígeno específico da próstata (PSA) não é um exame específico para rastreio do câncer de próstata, porém seu valor aumentado pode ter influência no psicológico de pacientes com câncer de próstata. Embora ainda existam poucos estudos sobre essa relação, observa-se que o valor de PSA tem impacto significativo na sensação de bem-estar, pois os homens que apresentam valores altos sentem mais medo, ansiedade e preocupação, quando comparados aos homens que tinham valor de PSA estável. OBJETIVOS: Analisar a interferência dos fatores psicológicos nos pacientes com câncer de próstata. MÉTODOS: Foi realizada uma revisão de literatura utilizando pesquisa de artigos científicos na PubMed, em maio/2021, com filtro nos últimos 5 anos, através dos descritores "Prostatic Neoplasms" e "Stress Psychological" associados ao operador booleano AND. RESULTADOS: Estudos sugerem que alguns fatores psicossociais, como o estresse psicológico, associados com o resultado do PSA são mais propensos a ter um efeito sobre a sobrevida em comparação com outros fatores. Especificamente, depressão e fatores psicológicos relacionados ao estresse foram sugeridos para prever uma sobrevivência mais curta, enquanto apoio social e negação ou minimização da resposta ao câncer para prever um prognóstico mais favorável. De acordo com as teorias do estresse psicológico, seus efeitos nos desfechos de saúde dependem de como uma pessoa pode lidar com o estresse, enfrentando ser o principal mediador no processo, desde eventos estressantes, até desfechos como sintomas psicológicos e doenças somáticas. Pacientes sujeitos ao estresse agudo são mais propensos ao contínuo desenvolvimento das proliferações celulares, uma vez que, fora visto, a relação do estresse com a transcrição dos variados genes que estão associados a essa proliferação, principalmente os proto-oncogenes e genes apoptóticos, incluindo os fatores de crescimento celular. CONCLUSÕES: Portanto, nota-se que os fatores psicológicos atrelados ao valor do PSA, tendem a interferir na evolução do câncer de próstata, piorando o prognóstico da doença e agravando a qualidade de vida do paciente.

Palavras Chave

Prostatic Neoplasms; Stress Psychological.

Área

Câncer de Próstata Metastático

Instituições

Faculdade Integrada Tiradentes - Pernambuco - Brasil

Autores

MATEHUS HENRIQUE SANTOS LIRA OLIVEIRA, FRANCISCO GABRIEL CABRAL OLIVEIRA, JULIANA PAIVA RIBEIRO MOURA, MYLENA TELES DE JESUS