Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

DIAGNOSTICO POR IMAGEM E TRATAMENTO MINIMAMENTE INVASIVO DE LINFOCELE APOS PROSTATECTOMIA COM LINFADENECTOMIA ESTENDIDA ASSISTIDA POR ROBO

Resumo

Para o câncer de próstata, a prostatectomia radical por dispositivos robóticos avançados se mostra padrão de tratamento, oferecendo diversas vantagens, com técnicas minimamente invasivas e consequente redução da morbidade. As complicações pós-operatórias apresentam grande variação na literatura (0,4% a 37,2%). A linfocele ocorre em 9% dos casos, porém se apresenta na maioria das vezes assintomática. Quando sintomática, pode evoluir com dor pélvica, infecção, edema de membro inferior e trombose venosa profunda. Nesses casos, o diagnóstico por imagem e o tratamento percutâneo por radiologia intervencionista pode se mostrar vantajoso na evolução do paciente. Evita procedimentos mais invasivos e pode ser realizado ambulatorialmente, com impacto positivo na redução de custos. A escassez de relatos na literatura torna o estudo relevante. O trabalho propõe descrever os métodos de diagnóstico e tratamento minimamente invasivo das linfoceles pós operatórias de pacientes submetidos a prostatectomia com linfadenectomia estendida robótica por câncer de próstata de alto risco. Realizado estudo retrospectivo de exames diagnósticos por imagem com reconstruções multiplanares, para avaliação detalhada das linfoceles, com posterior planejamento do acesso percutâneo para seu tratamento minimamente invasivo, após complicações secundárias à cirurgia oncológica com esvaziamento linfonodal pélvico, no período de outubro de 2018 a fevereiro de 2022. Feita descrição da técnica de abordagem e tratamento minimamente invasivos de linfocele complicada. Foram diagnosticados nove casos de linfocele sintomática. Um com dor pélvica, um com hidronefrose, além de sete infectados, destacando um caso de linfocele infectada com trombose venosa profunda. Oito foram tratados com punção percutânea guiada por ultrassonografia para drenagem das coleções com cateter do tipo “pig-tail” e posterior escleroterapia com álcool absoluto. O diagnóstico por imagem de linfocele complicada no pós-operatório de prostatectomia radical por cirurgia robótica, demonstrou grande importância para programação de tratamento, com abordagem minimamente invasiva. Esta alternativa permite redução no tempo de internação e nos custos totais do tratamento.

Palavras Chave

Prostatectomia, Robótica, Linfocele, Linfadenectomia.

Área

Complicações do tratamento oncológico

Instituições

Próton Diagnósticos - Fundação Centro Médico de Campinas - São Paulo - Brasil

Autores

CAROLINA FEY GONCALVES, ALEXANDRE PERONI BORGES, EDUARDO MIQUELINO DE OLIVEIRA JUNIOR, MARIANA LUI MIGUEL